terça-feira, 13 de agosto de 2019

Opinião :: As Investigações de Poirot | Agatha Christie

Título: As Investigações de Poirot
Autora: Agatha Christie
Editora: RBA Coleccionables
Ano: 2008 (1.ª edição de 1924)

Sinopse:
A grande capacidade de Poirot para resolver os casos mais difíceis fez dele o detective preferido da sociedade inglesa do início do século XX. A esta época pertencem as presentes narrativas, que se iniciam com A Aventura de «A Estrela Ocidental» e incluem também A Aventura do Túmulo Egípcio, nas quais Poirot investiga as misteriosas mortes que se seguiram à abertura do túmulo do rei Men-her-Ra.

Opinião:
Esta obra de Agatha Christie é uma compilação de onze pequenos casos que Hercule Poirot investigou com o seu amigo Capitão Hastings, sendo todos narrados por este último. Os casos vão desde desaparecimentos a mortes, bem como de roubos a pequenos grandes mistérios que são dados a Poirot para serem desvendados.
A narrativa feita por Hastings destaca a capacidade de Poirot a investigar cada caso e de reparar em pormenores que geralmente passam despercebidos mas que podem ajudar na resolução do problema. Não é por acaso que se fala nas células cinzentas em quase todos os capítulos!
Como se trata de várias histórias distintas, destaco A Aventura do Apartamento Barato, pela sua peculiaridade, e O Mistério do Pavilhão de Caça, por Poirot não ter podido investigar in loco e ter resolvido o caso através das pistas que Hastings foi fornecendo. Não só o Capitão ficou impressionado, como eu também fiquei!
O livro lê-se bem e em pouco tempo, sendo bom para uma leitura mais leve e rápida.

segunda-feira, 29 de julho de 2019

Feira do Livro :: Póvoa do Varzim


No passado Sábado, visitei com uns amigos a Feira do Livro na Póvoa de Varzim. A feira começou naquele dia e estará no Largo do Passeio Alegre até ao dia 15 de Agosto. Além de livros, a feira oferece momentos musicais, teatrais e muita animação.


No largo, podemos encontrar várias barraquinhas com os mais variados géneros literários, além de muitas campanhas e promoções. Aliás, nesse dia, trouxe o livro Memórias Esquecidas, de Jodi Picoult, para casa que foi uma verdadeira pechincha! Mas havia outros tantos tão chamativos que me apetecia trazê-los quase todos! 😃

Para quem tiver a oportunidade de visitar esta feira, podem a ficar a saber mais sobre o programa na página da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim.

Se quiserem saber mais sobre o livro, cliquem AQUI ou AQUI.

terça-feira, 23 de julho de 2019

Opinião :: A Provadora | V. S. Alexander

Título: A Provadora
Autor: V. S. Alexander
Editora: Saída de Emergência
Ano: 2018
Saibam mais sobre o livro AQUI ou AQUI.

Sinopse:
Em plena Segunda Guerra Mundial, uma jovem encontra refúgio ao lado do homem mais perigoso do mundo. Em 1943, alarmados com os constantes raides aéreos dos Aliados sobre Berlim, os pais de Magda Ritter enviam-na para Berchtesgaden, uma remota cidade nos Alpes Bávaros. Aqui ela é recrutada para o Berghof, o refúgio de montanha de Hitler, onde é treinada para desempenhar uma única função: provar a comida do Führer, oferecendo-se em sacrifício para o manter a salvo de envenenamento.
O Berghof parece estar a um mundo de distância da realidade das batalhas e, apesar de a princípio estar aterrorizada, Magda habitua-se gradualmente à sua perigosa missão. Mas o seu amor por um conspirador das SS e a sua crescente tomada de consciência das atrocidades do Reich empurram Magda para uma conspiração que irá testar a sua inteligência e lealdade.
Vividamente escrito, A Provadora desenrola-se no momento mais negro e turbulento da humanidade, oferecendo-nos uma trama plena de intriga e terror, mas também de extraordinária coragem, sacrifício e amor.

Opinião:
Tenho vindo a interessar-me progressivamente por livros cujas histórias se baseiam no período da Segunda Guerra Mundial. Já li alguns livros que, apesar de serem romances ficcionais, integram factos históricos. Todavia, A Provadora surpreendeu-me por incluir Adolf Hitler como personagem activa na história.
A narradora é Magda Ritter, uma senhora idosa que relata as recordações da sua vivência próxima com Hitler, o fascismo e a guerra, quando ela era jovem. Magda foi uma das provadoras das refeições de Hitler, evitando possíveis envenenamentos ao homem mais temido naquela altura. Ao longo da sua experiência, ela percebeu a gravidade da guerra que decorria e lutou para tentar mudar o rumo da história.
Vi-me completamente viciada neste livro, pois não consegui parar de ler! Este é um romance repleto de realidade que me deixou com os sentimentos à flor da pele. É impossível não reagir à descrição da guerra e é sempre difícil acreditar que a maldade conseguiu atingir os níveis que todos conhecem.
Adorei Magda e toda a sua história. O final foi igualmente emotivo e, com as notas finais do autor, fiquei a entender um pouco mais acerca do Terceiro Reich.
Aconselho este livro a todos os que se interessam pelo tema e que gostam de romances com personagens determinadas.