quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Série :: "Madre Paula"

Quem me conhece, sabe que eu raramente vejo filmes e não sigo quase nenhuma série, mas quando vi os anúncios a Madre Paula decidi que tinha mesmo de ver. Aliás, a história fascinou-me e à minha mãe, por isso fomos duas seguidoras assíduas de todos os episódios!


Para quem não sabe ou não seguir, a série Madre Paula reproduziu a vida da jovem Paula, que foi para o convento de Odivelas e se tornou monja. No entanto, teve um ardente caso amoroso com o rei de Portugal, o magnânimo D. João V. Paula era vista como mais uma amante do rei e todos pensavam que ela iria acabar como todas as outras, mas não foi isso que aconteceu; mesmo sendo um amor proibido, Paula e João estavam perdidamente apaixonados um pelo outro.
Baseada numa história real (literalmente!), a série prendeu-me a ela desde o primeiro momento. Senti uma enorme compaixão por Paula, pois o destino dela foi traçado contra a sua vontade e ela mostrou ser uma mulher de ideias fixas.
Quanto a D. João V, já lhe conhecia algumas extravagâncias (li, inclusivamente, um livro relativo ao seu reinado, cuja opinião está aqui), sendo um dos mais famosos reis de Portugal. O Rei-Sol português pareceu-me ser, dos dois, o que mais apaixonado estava, pois fazia tudo por Paula: proporcionou-lhe conforto e à família, obedecia aos seus pedidos e castigava aqueles que lhe faziam ou tentavam fazer mal.
Já a rainha Maria Ana de Áustria não me fascinou tanto, talvez devido ao mal que infligia sobre Paula, apesar de compreender o seu lado. Maria Ana não deixou de ser uma mulher traída, mal amada, que se sentia impotente perante as suas obrigações de esposa e rainha.
O amor de Paula e João foi o principal e o mais fascinante aspecto da série, mas houve também muitas guerras familiares, intrigas, condenações e traições cometidas, que complementaram toda a história.
De notar que a série foi igualmente baseada num romance de Patrícia Müller e, de facto, foi como ler um belo livro histórico.
Já agora, simplesmente adorei a música e as imagens do genérico! Acho que serviram que nem uma luva na história! Terei sido a única? 😁
Ontem foi transmitido o último episódio e parece que passou num ápice... Mas valeu muito a pena!

Sem comentários:

Enviar um comentário