quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Opinião :: Prantos, amores e outros desvarios | Teolinda Gersão

Título: Prantos, amores e outros desvarios
Autora: Teolinda Gersão
Editora: Porto Editora
Ano: 2016

Sinopse:
A morte de um homem amado; o pranto de uma mulher que falha uma promessa e se julga castigada; uma mãe, uma filha e o cheiro venenoso das acácias; uma mulher que se extravia dentro dos seus sonhos; aquele elevador com alguém preso lá dentro; o futebol, implacável jogo bravo; setenta e cinco rosas cor de salmão, seguras por um laço de seda e embrulhadas em papel de prata; solidariedade machista, conselhos de um velho a um rapaz; uma água-marinha que traz uma mensagem; não cobiçar as coisas alheias; uma teia de enredos, e a Alice que caiu num buraco do qual dificilmente conseguirá sair.
Catorze contos extraordinários, de uma das autoras mais consagradas e inquietantes da literatura actual, que nunca deixa de nos surpreender com a acutilância e profundidade da sua escrita.

Opinião:
Teolinda Gersão possui já uma vasta colectânea de romances, novelas e contos publicados. Todavia, este livro foi o primeiro que li e permitiu-me conhecer a sua escrita.
Prantos, amores e outros desvarios é um livro de contos que nos apresenta catorze histórias de pessoas completamente distintas mas que representam acontecimentos na vida real. A cada conto que lia, ia associando a sua história a alguém ou imaginando as pessoas em questão e, por vezes, o desfecho arrepiava-me pela profundidade das palavras.
Gostei de todos os contos, uns mais do que outros, mas o que mais me marcou foi o que falava de uma mãe, uma filha e o cheiro venenoso das acácias. Este aborda a relação de uma filha com a sua mãe acamada mas que, sem se dar conta do passar do tempo, a filha vê-se envelhecida e sozinha. Foi um conto que me tocou bastante.
Fiquei agradada com a escrita da autora, que se adaptou às várias histórias contadas. O livro é realmente pequeno e lê-se rápido, mas pode muito bem ser lido um conto por dia, por exemplo. É algo que fica ao critério do leitor. :)
Considero este um bom livro!

Sem comentários:

Enviar um comentário